<tbody id="3x1w4"><video id="3x1w4"><pre id="3x1w4"></pre></video></tbody>
    <tr id="3x1w4"></tr>
    <tbody id="3x1w4"></tbody>
  1. <tr id="3x1w4"></tr>
      Home Embaixador Embaixada Relações bilaterais China ABC Servi?o Consular Contactos  
     
     
     
     
      Home > temas actuais
     
     
      China divulga livro amarelo sobre desenvolvimento da Organiza??o de Coopera??o de Shanghai
     
      ( 2014/09/17 )
     
     
    A Academia Chinesa das Ciências Sociais divulgou hoje (5) o Livro Amarelo sobre o desenvolvimento da Organiza??o de Coopera??o de Shanghai (OCS) para 2014. O documento assinalou que as coopera??es em diversos setores do bloco progrediram significativamente no ano passado, e que os países membros mantiveram a paz e a estabilidade política de modo geral.

    A OCS foi fundada em 2001 e engloba, atualmente, China, Rússia, Cazaquist?o, Quirquist?o, Tajiquist?o e Uzbequist?o. Segundo o texto, as colabora??es econ?micas da organiza??o entraram na fase de transforma??o, e a cria??o da Faixa Econ?mica da Rota da Seda oferece novas oportunidades para os seis países membros.

    Conforme o relatório, a OCS foi estabelecida a partir das necessidades relativas à seguran?a. As coopera??es econ?micas vêm ocupando um papel crucial nos la?os dentro do bloco. A seguran?a e a economia servem como as duas rodas do funcionamento da OCS.

    O documento concluiu que os países membros da OCS lidaram com as influências das inquieta??es no Oriente Médio e no Norte Africano e se defendeu dos impactos de algumas situa??es complicadas dentro da regi?o. Os seis países também realizaram boas coopera??es no combate ao terrorismo, separatismo e extremismo. O mecanismo de encontros de alto nível vem sendo perfei?oado e as colabora??es nas áreas de defesa e seguran?a foram, a cada dia mais, refor?adas. As manobras militares conjuntas foram normalizadas, enquanto as coopera??es militares alcan?aram um nível mais elevado. A pesquisadora adjunta sobre os assuntos da Rússia, Leste Europeu e Centro Asiático, Su Chang, considera que a China mantém coopera??es pragmáticas com os países central-asiáticos na defesa, especialmente no setor militar.

    "Dentro do quadro da OCS, realizamos exercícios militares conjuntos e combate em conjunto ao terrorismo, separatismo e extremismo. As atividades até o momento foram muito frutíferas. A China e a Rússia desempenharam papeis eficazes em apoio à seguran?a do Centro Asiático. Os países dessa regi?o, por seu lado, ofereceram apoio ativo ao combate da China às for?as separatistas do Turquist?o do Leste. Também conseguimos resultados notáveis na identifica??o e troca de informa??es sobre terroristas."

    Os países membros da OCS ocupam três quintos da área do continente ásia-Europa e representam um quarto da popula??o mundial. Segundo o Livro Amarelo, as coopera??es econ?micas dentro do bloco experimentaram um período de desenvolvimento acelerado, desde o início da funda??o da organiza??o, há mais de dez anos. Hoje em dia, além dos fatores de seguran?a regional, o desaquecimento da economia de seus países membros e outros motivos podem influenciar as colabora??es econ?micas do bloco. Su Chang destacou que o refor?o da Faixa Econ?mica da Rota da Seda pode oferecer novas oportunidades para o comércio na regi?o.

    "Os países do Centro Asiático possuem uma atitude positiva sobre a Faixa Econ?mica e esperam que o mecanismo os ajude no desenvolvimento da constru??o infraestrutural e lhes abram espa?o para grandes projetos. Por exemplo, o Uzbequist?o manifestou a esperan?a de que a China e o Uzbequist?o realizem coopera??es na constru??o de parques industriais, rodovias e ferrovias. O pensamento é muito pragmático."

     
     


    Suggest to a Friend
           Print
    E-mail to us  
     
    报码现场开奖结果-本港报码现场开奖直播-本港开奖直播现场